Curiosos

pesquisar

 
Sábado, 29 / 12 / 12

Lingua ou Linguagem gestual?

Língua ou Linguagem


Diz-se língua gestual (de determinado país) e nunca linguagem gestual, tal como se diz língua portuguesa e nunca linguagem portuguesa.
As várias línguas gestuais do mundo inteiro possuem gramáticas complexas e expressões “literárias” diversas, tais como a poesia, as narrativas, o teatro, as anedotas...
Cada comunidade de surdos tem, portanto, a sua própria língua gestual que surge no momento em que os surdos se juntam. Esta concentração acontece, geralmente, em contexto escolar. Assim a história das línguas gestuais está muitas vezes interligada com a história da educação dos surdos.
A primeira escola de surdos no mundo foi criada no século XVII, em Paris, logo a Langue des Signes Française (LSF) será a língua gestual mais antiga. Esta língua, através da dispersão dos seus professores surdos, expandiu-se para os EUA, o Brasil, entre outros, com o propósito de ali também criar escolas para surdos. Desta forma, a American Sign Language (ASL) e a Língua Brasileira de Sinais transparecem ainda semelhanças com a LSF.


Origem da língua gestual portuguesa


Em Portugal, a Língua Gestual Portuguesa (LGP), nasceu na primeira escola de surdos, em 1823, na Casa Pia de Lisboa, tendo tido como primeiro educador um sueco que de lá trouxe o alfabeto manual. Apesar de não se notarem semelhanças ao nível do vocabulário, o alfabeto da LGP e o da língua gestual sueca (Svenskt teckenspråk) continuam a revelar a sua origem comum.


publicado por Curiosos às 18:11
Sábado, 29 / 12 / 12

Yôga para crianças

Yôga para Crianças

 

Num mundo de várias decisões e opções, existe a necessidade das crianças sentirem o conforto de uma orientação com carinho e amor, seguindo uma filosofia de vida que lhes dê alento, força e alegria.

O yoga estimula as suas capacidades, faz com que sintam a sua própria energia e a desenvolvam, aumentando todo o potencial interior e as suas faculdades físicas. Faz com se sintam felizes e amadas, dispostas a crescer com paz e confiança. Divertem-se e reaprendem a respirar, assim como a ter uma maior flexibilidade física, tanto na postura e como na concentração.

.

As crianças nascem com capacidades tanto psíquicas como corporais extraordinárias, têm uma enorme flexibilidade, apresentam um ótimo sentido auditivo e visual, uma energia considerável e o dom precioso da sua ilimitada imaginação. Contudo, a vida moderna não as deixa expressarem-se segundo as suas necessidades e capacidades, encontrando-se sujeitas ao stress, horários demasiado preenchidos, competição escolar, falta de atenção e concentração.

.

O yoga estimula as capacidades físicas e psíquicas, dá às crianças uma enorme flexibilidade, aumenta as suas capacidades auditivas, visuais, intelectuais e favorece o seu sentido criativo.

 

 

                                                                                                                                     

publicado por Curiosos às 17:56
Quarta-feira, 19 / 12 / 12

SAÚDE NA ESCOLA

Mais de 5 mil de alunos serão orientados sobre obesidade

 

Profissionais de Saúde e da Educação vão avaliar e orientar estudantes de 5 a 19 anos em 22 mil escolas públicas do país durante a 1ª edição da Semana de Mobilização Saúde na Escola, que começa nesta segunda-feira (5) e vai até a próxima sexta-feira (9).

Mais de 5 milhões de alunos com idade entre 5 e 19 anos que frequentam escolas públicas em todo país terão uma programação diferenciada de hoje (5) até a próxima sexta-feira (9). Os ministérios da Saúde e da Educação realizam a primeira edição da Semana de Mobilização Saúde na Escola, que tem como tema a obesidade em crianças e adolescentes. Profissionais que fazem parte da Estratégia Saúde da Família, coordenada pelo Ministério da Saúde, farão avaliações nutricionais em estudantes de mais de 22 mil escolas públicas em 1.938 municípios que aderiram à iniciativa de mobilização. Também estão previstas atividades e palestras envolvendo a comunidade escolar (alunos, profissionais e funcionários) e visitas das famílias dos estudantes a Unidades Básicas de Saúde localizadas próximo às escolas.


 Sofia Serra Nª 48042

publicado por Curiosos às 09:14
Terça-feira, 18 / 12 / 12

Terapia da Fala

Terapia da Fala

A Terapia da Fala consiste no desenvolvimento de actividades para a prevenção, avaliação e tratamento das perturbações da comunicação humana, onde se engloba não só todas as funções associadas à compreensão e expressão da linguagem oral e escrita, mas também outras formas de comunicação não-verbal.


Qual a função do Terapeuta da Fala?


O Terapeuta da Fala é o profissional responsável pela prevenção, avaliação, diagnóstico, tratamento e estudo científico da comunicação humana e perturbações relacionadas ao nível da fala e da linguagem bem como alterações relacionadas com as funções auditiva, visual, cognitiva (incluindo a aprendizagem), oro-muscular, respiração, deglutição e voz. Neste contexto, a comunicação engloba todas as funções associadas à compreensão e à expressão da linguagem oral e escrita, assim como todas as formas apropriadas de comunicação não-verbal.

 


Terapia da fala nas escolas


"O que acontece nas escolas é que os terapeutas têm tantas crianças para ver que não conseguem fazer o melhor trabalho", reconhece Maria Emília Pinto dos Santos, também coordenadora do departamento de Terapia da Fala da Escola Superior de Saúde de Alcoitão, a primeira universidade portuguesa a formar aqueles especialistas. Em Portugal, há cerca de 1200 terapeutas da fala.



Fonte: Jornal de Notícias (JN)

Publicado por: Vanessa Pires nº47095

 

 

 

 

 

 

publicado por Curiosos às 22:53
Sábado, 15 / 12 / 12

Quintino Aires fala acerca das crianças

Quintino Aires, psicólogo muito conhecido, responde a questões pertinentes acerca do mundo infantil

 

 

Se quiserem dar uma vista de olhos, aqui está o link de alguns videos que consideramos interessantes:

 

http://www.youtube.com/watch?v=Wd8731TfH6c

http://www.youtube.com/watch?v=aSgo1_18aXg

http://www.youtube.com/watch?v=nWkT5YeO2QE

 

 

 

publicado por Curiosos às 21:10
Terça-feira, 11 / 12 / 12

Tintas comestiveis

Tintas comestiveis para miudos e graudos

 

"Vamos ao jardim passar uma bela manhã sob uma deliciosa sombrinha e na companhia dos passarinhos vamos fazer as nossas próprias tintas, misturando os ingredientes, escolhendo as cores e mexendo tudo muito bem, até obter uma tinta muito colorida, suave e muito agradável ao toque. Depois é só brincar, explorar, sujar, criar e pintar com os pinceis, as mãos, os pés, os carrinhos, as pinhas, as folhas e muitos outros materiais. Vamos misturar cores, tocar, sentir e para mais tarde recordar aprenderemos a tirar fotocópias caseiras das nossas fabulosas pinturas".





Tinta de Neve

 

  •  1 xícara de farinha de trigo
  •  1 xícara de sal
  •  1 xícara de água

Misture tudo, e acrescente gotas de corante alimentício (à venda em qualquer supermercado). 

Dica : divida a receita em seis potinhos , e use um corante diferente em cada .



Tinta de Chá ou Café

 

  • saquinho de chá ou café solúvel
  • água

Mergulhe um saquinho de chá em 1/4 de xícara de água, ou acrescente café solúvel a essa mesma água. Vá clareando ou escurecendo até obter diversas tonalidades. Utilize essa tinta para pintar sobre papel liso, ou para fazer vários tons.



 

Tinta de Gelatina

 

 

 

  • pó para gelatina
  • água

 

Junte a água e o pó para gelatina até obter a consistência de uma tinta mais cremosa. Utilize para pintar com os dedos ou com um pincel sobre papel brilhante. É uma tinta ótima para esfregar e se lambuzar.

 

 


Tinta de Farinha

  • farinha de trigo
  • água 
  • corante alimentício

Misture 1 xícara de farinha e 3 xícaras de água em uma panela. Ferva até que a mistura esteja densa. Acrescente qualquer corante. Essa tinta mantém a textura depois de seca.



 

Tinta Caseira de Maizena

 

 

 

  • amido de milho (maizena)
  • água

 

Misture 4 colheres de amido de milho, três colheres de água e mexa em uma xícara com água fervendo. Quando a mistura esfriar, acrescente corante para alimentos e coloque na geladeira. A tinta caseira caseira pode ser utilizada em superfícies secas ou úmidas.


 


publicado por Curiosos às 17:05
Terça-feira, 11 / 12 / 12

Os Psicólogos nas Escolas: A realidade portuguesa

Os Psicólogos nas Escolas: A realidade portuguesa

 


Nas últimas décadas assistimos, de forma permanente e insistente, a políticas de desvalorização e fragilização da Escola Pública.
Os profissionais que desenvolvem atividades neste contexto observam a ausência de verdadeiros compromissos e investimentos que assegurem as condições do seu trabalho.

Os elementos das comunidades educativas, a opinião pública e a investigação científica, reconhecem a importância e o impacto positivo da intervenção dos psicólogos, na promoção do sucesso educativo dos alunos, na otimização da intervenção em rede e dos recursos da comunidade educativa, do sistema de saúde e de ação social.
A legislação tem referido a importância da intervenção dos Psicólogos na escola, desde 1991, quando os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO) foram criados (DL 190/91), como “unidades especializadas de apoio educativo, integradas na rede escolar” que desenvolvem a sua ação nas áreas “do apoio psicopedagógico, orientação escolar e profissional e apoio ao desenvolvimento do sistema de relações da comunidade escolar”, uma das medidas preconizadas pela Lei de Bases do Sistema Educativo, em 1986 (art. 26º Lei 46/86).
Em 1997 foi criada a carreira de psicólogo dos SPO (DL 300/97), definindo que “o papel dos SPO é o de possibilitar a adequação das respostas educativas às necessidades dos alunos” e que “a qualidade da educação está intimamente dependente dos recursos pedagógicos de que a escola dispõe para acompanhamento do percurso escolar dos seus alunos”.
O Estatuto do Aluno (Lei 39/2010) também enfatiza o papel dos técnicos do SPO, distinguindo o acesso a este apoio como um dos direitos do aluno.
Toda a legislação existente reconhece o papel indispensável do psicólogo na escola, mas as condições de trabalho destes profissionais evidenciam que os sucessivos governos da tutela desvalorizam esta intervenção específica, perpetuando a precariedade.



Publicado por: Andreia Ribeiro

 

publicado por Curiosos às 16:54
Terça-feira, 11 / 12 / 12

Dia Internacional dos Voluntários - 5 de Dezembro

A Resolução das Nações Unidas 40/212, de 17 de Dezembro de 1985, convida os Governos a celebrar todos os anos, no dia 5 de Dezembro, o Dia Internacional dos Voluntários para o Desenvolvimento Económico e Social dos Povos

 



Desde essa data, governos e sociedade civil têm vindo a celebrar este dia com o objectivo de sensibilizar e dar visibilidade aos voluntários e às práticas de voluntariado.

Voluntariado ( art.º 2.º da Lei n.º 71/98, de 3 de Novembro):
É o conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos, programas e outras formas de intervenção ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade, desenvolvidos sem fins lucrativos por entidades públicas ou privadas.
Não são abrangidas pela presente Lei as actuações que, embora desinteressadas, tenham um carácter isolado e esporádico ou sejam determinadas por razões familiares, de amizade e de boa vizinhança.


Publicado por: Catarina Cabrita nº 44416


publicado por Curiosos às 15:57
Quarta-feira, 05 / 12 / 12

Alunos com dislexia ficaram sem apoios

A grande maioria dos alunos com dislexia está sem apoios especiais de educação

 

 

Um decreto-lei do ano passado só inclui os casos muito graves, o que está a deixar os pais preocupados, sobretudo, em época de exames nacionais.

Os encarregados de educação de crianças e jovens disléxicos estão agora a confrontar-se com os efeitos de uma alteração à lei do ensino especial do ano passado. A dislexia saiu da lista de doenças que motivam necessidades educativas especiais, de forma automática, como acontecia.

Até aqui, as crianças disléxicas tinham direito automático a um júri especial, nos exames nacionais. E um apoio ao longo do ano, como aulas particulares de reforço. Para além disso, na avaliação das crianças disléxicas, os erros ortográficos (uma das principais características da dislexia), não eram levados em conta e era-lhes facultado mais tempo para a realização da prova.

A dislexia afeta cerca de 50 mil menores e, segundo a Associação Portuguesa de Dislexia, cerca de 5 mil farão exames nacionais do 9.º ano como se não tivessem qualquer limitação.

 

Publicado por: Cátia Viegas nº 30570

publicado por Curiosos às 10:50
Quarta-feira, 05 / 12 / 12

Dia Mundial do Autismo

Sabiam que…no dia 2 de Abril celebra-se o Dia Mundial da Conscientização do Autismo? Esta data foi criada pelas Nações Unidas, para que as pessoas conheçam mais sobre este tema e para que todos os que sofrem desta doença se sintam cada vez mais integrados na sociedade.


O que é o autismo?

            Para quem não sabe o que é o autismo, eis uma breve explicação em poucas palavras: - Autismo é uma disfunção do desenvolvimento global do individuo, e pode manifestar-se através da comunicação, socialização, isto é a capacidade do individuo estabelecer relacionamentos. Os diversos modos de manifestação desta perturbação do desenvolvimento designam-se por “espectro autista”, como o exemplo do Síndrome de Asperger (que é um espectro do autismo).

            Muitas crianças autistas, desenvolvem grandes dificuldades na fala mas revelam uma inteligência muito avançada para a sua idade, e, é por isso que muitos adultos com autismo são capazes de atingir carreiras de grande sucesso na sua vida profissional!


Ser autista não é feio! Feio é não aceitar o autismo!




Publicado por: Catarina Simão nº 46808


publicado por Curiosos às 09:47

mais sobre o curso

Dezembro 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

últ. recentes

  • Concordo com tudo o que foi dito, mas também nem s...
  • gostei do post ... é como eu tento agir com as min...
  • A designação de Escola Primária para 1º ciclo mudo...
  • Concordo e defendo, pena que mesmo sendo mitos...s...
  • Sou educadora de infância e subscrevo..
  • Não me parece que o facto de se usar o termo escol...
  • Sou mãe de um "finalista" (como ele diz) de JI . S...
  • Achei o artigo interessante. No entanto é feita re...
  • Check! confirma-se! Só falhei nas horas do comentá...
  • Lindo texto, muitos educadores ainda ficam presos ...

arquivos

2013
2012

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro