Só três das sete escolas portuguesas no estrangeiro tiveram médias positivas nos exames nacionais do Secundário, com a Escola Portuguesa de Macau no topo com uma média de 11,7 valores em 114 exames realizados.

 

A escola portuguesa de Moçambique (9,7 valores com 302 exames feitos) e a escola de Luanda (9,7 valores em 274 exames) foram os outros estabelecimentos em que se verificou uma média positiva.

 

O último lugar da tabela, composta inteiramente por estabelecimentos privados, é ocupado pela Escola Portuguesa da Guiné-Bissau, que não foi além dos 5,7 valores em 13 exames feitos.

 

A escola portuguesa de Díli estreou-se no ano passado no último lugar mas este ano sobe para o penúltimo, registando uma média de 8,2 valores em 84 exames.

 

Em Angola, a escola portuguesa do Lubango atingiu uma média de 8,7 com 27 exames enquanto o Instituto João Paulo II, em São Tomé e Príncipe, ficou nos 8,4 valores em 88 exames.

 

publicado por Curiosos às 09:37